O que muda na pista de São José para a 2ª etapa do Brasileiro de Motocross 2017


A pista de São José recebeu melhorias para a 2ª etapa do Brasileiro de Motocross 2017 ao longos dos últimos dias. O Motódromo Marronzinho, localizado no bairro de Potecas, na cidade de São José, Santa Catarina é o palco do evento deste fim de semana, 29 e 30 de julho.
Richard Berois, piloto e construtor de pistas, foi o responsável pelas melhorias no traçado. A lembrança mais recente dos fãs e pilotos em relação a esta pista é de 2015, quando o local recebeu a Copa Brasil de Motocross com presença do octacampeão mundial Tony Cairoli.
De lá pra cá, a curva de largada recebeu uma inclinação que permite aos pilotos acelerarem forte. Esta mesma curva faz parte do trajeto da pista, que vira em média na casa dos 2min.
A descida mais forte do circuito também foi melhorada. A seção da mata ganhou uma grossa camada de areia, que formam ondulações com o passar das motos. Outras rampas ainda foram reformuladas para aumentarem o nível da disputa.
Para o público, Richard criou uma arquibancada natural na parte alta do circuito e prevê dois bolsões onde as pessoas poderão transitar e ver as motos muito de perto.
Estruturalmente, foram instalados pontos de irrigação para manter o solo úmido e sem poeira ao longo das provas.

Fotos das mudanças na pista de São José


pista de são josé
Trecho com adição de areia – Foto: Richard Berois
Descida – Foto: Richard Berois
Subida com lançamento no fim – Foto: Richard Berois
Pontos de irrigação – Foto: Richard Berois
Visão da parte de baixo – Foto: Richard Berois


Tratamento da pista – Foto: Richard Berois
fonte:brmx
Share on Google Plus

Publicado por Velocross News

0 comentários:

Postar um comentário