Carlos Eduardo pode conquistar título do Campeonato Paraguaio no domingo

Grande destaque do Motocross Sul-mato-grossense, Carlos Eduardo Franco pode garantir mais um título do Campeonato Paraguaio – Copa Pro Tork Umi de Motocross, no domingo (20), na sétima e penúltima etapa, que acontece em Loma Prata, no Paraguai.
Já campeão da categoria MX1, o sete-quedence pode levar o título na MX2. Com 12 vitórias em 12 baterias, Carlos pode fechar o ano invicto, caso ganhe todas baterias na sétima e na oitava etapa.
Com títulos no Paraguai, é o primeiro ano em que o piloto do #317 pode terminar invicto na competição, com 100% de aproveitamento.
Satisfeito com o desempenho em 2016, Carlos falou sobre o ano. “Graças a deus, a gente está liderando com 100% nas duas categorias. Nunca foi assim, mas com muito treinamento, e com a estrutura da equipe esse ano foi diferente”, contou Carlos Eduardo.
Briga pelo título Paranaense – No Campeonato Paranaense, Carlos Eduardo é o segundo colocado na MX1, com 72 pontos, e precisa de apenas um 8º lugar para garantir o título da MX2, na última etapa em 04 de dezembro, em Cornélio Procópio (PR).
Na tabela da MX2, o piloto da Amaral Racing é o líder com 92 pontos, 12 a frente de Endrews Armstrong.
Sobre a competição, Carlos Eduardo fez um balanço. “Correr o paranaense é sempre bom, ainda mais competir com o Jean Ramos, com o Pepê Bueno, a turma toda que acelera forte, nível de Brasileiro”, completou.
Retono ao Brasileiro – Carlos participou da etapa de Morrinhos (GO) em setembro, terminando em nono lugar na classificação geral.
“A etapa de Morrinhos foi boa para ver o nível. Velocidade eu tenho, mas preciso de muito acerto, muita técnica para andar lá. Preciso de um treinamento totalmente diferente para fazer um Brasileiro de Motocross. Mas foi bom para aprender bastante” contou Carlos, que pretende competir no certame em 2017.
Entrosamento – A parceria entre Carlos Eduardo e seu pai – Carlos Franco se mostrou novamente um sucesso. Com o pai no box trabalhando na mecânica da sua Kawasaki, Carlos acumulou vitórias e grandes atuações. “Ele é o meu braço direito, minha confiança dentro e fora da pista. A gente se dá muito bem com isso”, com isso contou.
Trabalho em equipe – Além de Carlos, outros pilotos da Amaral Racing se destacaram. Além dos dois pódios no Brasileiro, Fábio Festi pode se campeão do Campeonato Paraguaio ainda na sétima etapa. Carlos Eduardo falou sobre o desempenho dos companheiros de equipe. “Esse ano, a evolução do Fábio, do Mano e do Luan Amaral. Todos da equipe estão batalhando firme, procurando, foi um ano inteiro, ninguém desistiu. Foi um time vencedor. Teve altos e baixos, mas, graças a deus, foi bem conversado, bem batalhado, e todo mundo se ajuda,” completou.

Antes de tentar o título da MX2 do paranaense, Carlos Eduardo em sua cidade natal – Sete Quedas, pelas Super Final, do Velocross Sul-mato-grossense. A etapa marca o encerramento da Copa MS e do Estadual. Em março, Carlos correu em sua cidade, vencendo quatro baterias na etapa conjutan do Brasileiro e Estadual – VX1, VX2, Força Livre Nacional e 230 cc.
Share on Google Plus

Publicado por RAFA

0 comentários:

Postar um comentário